POR QUE MULHERES "NÃO SABEM" NEGOCIAR?

Conheça os 07 grandes erros que mulheres comentem quando estão negociando com homens.

Preparar, Apontar, VENDA!

Um estudo conduzido por pesquisadores da Columbia Business School e da Universidade da Califórnia, consistia em mostrar uma história de sucesso por meio do capitalismo. Essa história foi entregue a diferentes grupos com apenas UMA modificação, o primeiro grupo foi informado que se tratava de um HOMEM, enquanto o segundo grupo recebeu a informação que seria uma MULHER.

Os estudiosos solicitaram que os participantes colocassem em uma palavra o que achavam sobre o perfil daquele capitalista. A palavra que mais se repetiu no grupo 1 (O HOMEM) foi a palavra: ATITUDE, enquanto no grupo 2 (A MULHER), a palavra que mais apareceu foi: ARROGÂNCIA.

O que podemos concluir com isso? A sociedade não está preparada para mulheres “ambiciosas”, para mulheres que desejam mais e não tem vergonha disso. O pior preconceito não é o aparente, esse podemos combater com nossas leis e com nosso escárnio. O grande problema é o preconceito "inconsciente”.

A revista Fortune 500, publicou um estudo alarmante em 2015, apenas 4,8% das maiores empresas do mundo têm mulheres no cargo de CEO. Temos que admitir, o mundo corporativo ainda é dominado pelos homens.

A  grande novidade é que um número cada vez maior de mulheres vem contorcendo as estatísticas. 

Segundo a Harvard Law School, liderança e negociação são duas habilidades essenciais para que as mulheres consigam avançar na carreira, ganhem mais dinheiro e autoridade.

A mulher tem habilidades naturais e potencial para negociar duas vezes melhor que os homens, no entanto, o medo estagna seu ímpeto em enfrentar pessoas difíceis, situações e muitas vezes elas mesmas. Pois deixam situações cotidianas interferir no seu desempenho profissional, havendo declínio na sua produção e crescimento.

Após vários anos negociando e lidando com mulheres, pude medir e observar os 07 grandes erros que mulheres comentem quando estão negociando com homens.

Se você quer atingir o máximo da sua performance e deseja parar de perder dinheiro, o primeiro passo é aprender com os erros e criar uma nova atitude para enfrentar um mercado tão competitivo e repleto de poder masculino. 

ERRO 1 | Acreditar que tudo o que a outra parte diz é verdade

Mulheres são mais honestas e confiáveis que os homens, elas blefam menos. O grande problema é que elas esperam que o outro lado faço o mesmo, ledo engano, não se deve esperar sinceridade da outra parte. Negociação é um jogo, é preciso saber jogar com e sem sinceridade.

Nunca imagine que o outro lado vai pensar como você, que terá seus valores ou mesmo suas crenças, o senso de justiça que você tanto almeja só existe no mundo encantado da Disney.

ERRO 2 | Achar que nem tudo é negociável

Muitas mulheres acreditam na velha história do padrão. Se não está no cardápio não pode pedir, se não tem a forma de pagamento na vitrine da loja não pode pedir pra parcelar, se estou na Itália, não vou pedir pra dividir o sabor da pizza...

Tudo é negociável, não importa o lugar, não importa a pessoa, não importa o padrão, é preciso ajustar o modelo mental para que isso seja algo automático, diminuindo assim o incômodo em fazê-lo.

ERRO 3 | Colocar todas as cartas na mesa

Para muitas mulheres negociar é como ir ao dentista, quanto mais rápido acabar , melhor. Para evitar a dor, mulheres terminam passando informação demais e fazem isso logo cedo, deixando o outro lado mais confortável para economizar seus cartuchos.

ERRO 4 | Pedir desculpas e pedir permissão

Como o julgamento da sociedade é latente , mulheres se incomodam com os olhares. Quando precisam ser mais duras, quase sempre sua fala é acompanhada por um pedido de desculpas ou mesmo um pedido de permissão para falar.

Não se deve ter medo do confronto, pois é do CAOS que obtermos as melhores ideias.

Não se deve pedir desculpas enquanto se negocia valores, isso vai passar a impressão que você está fazendo algo errado. 

Sei que é difícil, meu conselho pessoal é que você passe um dia inteiro sem pedir desculpas e sem pedir permissão, você vai sentir uma energia libertadora, pode apostar.

ERRO 5 | Não pedir o que você quer

Seja pela falta de planejamento ou o receio de pedir “muito”, muitas vezes as mulheres esperam que os homens tomem a iniciativa, como se moldassem suas escolhas a partir da perspectiva de terceiros.

Elas até sabem o que está em jogo, mas falta o pragmatismo, faltam os números, os termos, premissas cabais para o sucesso em qualquer negociação.

Quanto você precisa, em quanto tempo e sob que condições? Essa é uma boa pergunta antes de sentar à mesa.

ERRO 6 | Ser agradecida

Não sei quem inventou essa babaquice de que temos que ser gratos! Você estuda, trabalha, ajuda a cuidar dos filhos, ajuda a comunidade e ainda assim tem que se sentir agradecida ?

Se você ocupa uma posição de destaque na sua empresa, não se sinta agradecida, não se sinta “privilegiada”, seria egoísta da sua parte. Você está ali porque merece! Você batalhou e lutou por isso, nada mais.

Esse sentimento de agradecida coloca um freio social na mulher que a impende de usar o que eu chamo de o novo pretinho básico: AMBIÇÃO.

A partir de agora, quando estiver em uma reunião de negócios cheia de homens, não se sinta agradecida! Sinta-se CHATEADA e só pare quando você conseguir sentar no lugar mais importante da mesa.

ERRO 7 | Medo de perder o relacionamento

Muitas mulheres acreditam que o relacionamento está acima do resultado. Essa CRENÇA limitante faz com que elas não insistam tanto quanto os homens para chegar lá.

A oferta perfeita, invariavelmente, reside em uma solução que o cliente ainda não conseguiu enxergar. Não se abre uma cabeça com pétalas, é preciso ser mais assertiva sem medo de perder a relação. Ora! Se é legítimo seu trabalho, se você está ali para ajudá-lo, não há sentindo desistir de tentar convencê-lo.

Trabalhei com uma representante que após cinco negativas frustradas em tentar falar com o dono da construtora, teve a “ousadia” de abordá-lo em seu café preferido no meio de um shopping.

Com convicção ela falou: “quero imaginar que o senhor não quer me receber porque não gosta de mim, pois jamais vou acreditar que uma pessoa inteligente trocaria a minha marca, que é melhor e está com um preço incrível, por outra marca não tão confiável e que está com preço elevado”?

Ela acabou fechando um contrato de 03 anos com esse cliente.

A vida é feita de escolhas, ou você é boazinha ou você vai pra cima e ganha DINHEIRO.

É possível vencer o preconceito no mundo corporativo e na vida? Sim querida, mas você vai precisar lutar em DOBRO.

Mas Fabricio, será muito duro, e se durante essa luta eu CHORAR? Não se preocupe garota, como diria Victor Hugo: "a lágrima de uma mulher é algo invencível".

blog comments powered by Disqus